AUTOESTIMA


 Texto e imagem Andrea Giovanna 

AUTOESTIMA 


Como vai a nossa autoestima?

Presa nos padrões impostos pela culturalidade de cada sociedade?

Diminuída pelas falas dos nossos pais ou  demais familiares?

Ou em cada ilusão criada por cada bullying, e em cada ferida não cicatrizada? 

Como vai a nossa autoestima?

Nos olhares não entendidos? Nos julgamentos incompreendidos?

Hoje, mais do que nunca, temos meios para nos autoconhecer, nos cuidar físico, emocional e espiritual, para que assim nossa autoestima se harmonize. 

Quando olhamos uns para os outros, não temos idéia das histórias vividas, dos caminhos percorridos e dos padrões mentais negativos enraizados.

Olhamos para um sorriso, para redes sociais bonitas e nem imaginamos que talvez o quanto aquela pessoa possa ter sofrido, que por trás daquele olhar tem uma criança ferida, um adolescente machucado, um adulto tentando se reinventar. 

Que saibamos nos empoderar. Não colocar o poder do que somos na ilusão do que pensamos ser. 

Possamos nos perfumar mesmo sem ir à algum lugar. Possamos colocar aquela roupa bonita mesmo para ir ao mercado. 

Definir se queremos fazer procedimentos estéticos, pintar ou não o cabelo, usar certas roupas, engordar ou emagrecer, por nós, por nossa vontade e não pelo que o outro acha melhor, mais belo. 

E por falar em beleza, essa semana li que ela está na nossa atitude. Então que nossas atitudes ditem a nossa beleza. 

Que percebamos que ela está em cada fase da vida, do nascer ao envelhecer. Cada uma com seus traços peculiares. 

Não posso definir como o outro irá me perceber, posso até tentar, mas podemos definir o que penso, o que vejo, o que percebo de mim. Que possamos ver nossa melhor versão e se não conseguirmos, busquemos a atitude de seguir sempre tentando.

Comentários

  1. Maravilhoso. Sábio. Instrutivo. Obrigado, A., por nos lembrar do que é essencial. E como disse Exupery, o essencial é invisível aos olhos. Bjs

    ResponderExcluir
  2. Isso mesmo, busquemos a atitude de seguir sempre tentando. Otima postagem! Valeu!

    ResponderExcluir
  3. Sensível, sábio e belo. Gratidão por dividir querida. Bjo

    ResponderExcluir
  4. Continue linda assim nos presenteando com sábias palavras. 😘🌹

    ResponderExcluir
  5. Grande modus vivendi!! Quando John Lennon disse "All you need is love", o sentido era mais amplo, era amor ao próximo e também a sim mesmo!

    ResponderExcluir
  6. Olhamos para um sorriso, para redes sociais bonitas e nem imaginamos que talvez o quanto aquela pessoa possa ter sofrido, que por trás daquele olhar tem uma criança ferida, um adolescente machucado, um adulto tentando se reinventar.

    Boa noite de paz. querida amiga Andrea!
    Emocionei-me muito ao ler o parágaado que recortei acima.
    Seja feliz e abençoada!
    Beijinhos com carinho de gratidão

    ResponderExcluir
  7. Maravilhoso amiga!!! Estamos todos em aprendizados...Foquemos nas boas e sigamos em frente com esperança em dias melhores...😙🌷

    ResponderExcluir
  8. Isso aí!!! No final vc ainda nos lembra do principal, EU comigo mesma 👍!

    ResponderExcluir
  9. Que texto lindo, sensível e necessário,amiga.
    Lembrar de alimentar nossa autoestima, aquilo que nos faz e nos deixa feliz.
    Nenhum olhar sobre nós é mais importante do que o nosso próprio.
    Que possamos sempre nos olhar com amor e admiração, mudando aquilo que não gostamos e que é possível ser mudado, aceitar o que não podemos modificar e nos honrar por ser quem somos.


    Bjs

    ResponderExcluir
  10. Comentário Cristina Ciótola:

    Andrea, você aborda com tanta sabedoria situações que vivenciamos no nosso dia a dia!
    A questão da autoestima , nesse mundo cheio de preconceitos e de padrões inalcançáveis, faz com que muitas pessoas se sintam inseguras, sofridas e infelizes.
    Temos sim que romper esses padrões e perceber o quanto é importante o autoconhecimento e nos cuidarmos física, emocional e espiritualmente, para que sejamos pessoas felizes, que se aceitam e se amam!
    Obrigada por compartilhar essa ótima reflexão! 👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻🥰🥰🥰🥰

    ResponderExcluir
  11. É Andreia! A nossa construção depende de como passaremos por caminhos nada floridos. Seremos pessoas com atitudes ou seremos destruídos.
    Beijus,

    ResponderExcluir
  12. Uma excelente reflexão. A autoestima aperfeiçoa-se ou harmoniza-se com a maturidade de cada um. Gostei muito de a ler.
    Uma boa semana com muita saúde.
    Um beijo.

    ResponderExcluir
  13. Way Cool Pattern There - Be Well

    Cheers

    ResponderExcluir
  14. Obrigada queridos pelos comentários, bjinhos

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

MELANCOLIA

GRATITUDE

FELICIDADE