SENTIR

texto e imagem Andrea Giovanna SENTIR Todos nós, até mesmo as pessoas mais espiritualizadas, temos limitações para superar, medos para encarar e desafios à enfrentar. Como fala a canção "a vida vem em ondas". Ondas altas, ondas suaves e, assim, vamos vivendo cada estação, cada fase. Mas, gosto sempre de me perguntar: Como estou vivenciando cada situação? Algumas emoções e sentimentos que nos assolam são importantes senti-los para tirarmos o aprendizado de cada um. Seja aquele peso no peito, aquela tristezia, ou solidão que nos acomete de vez em quando, o ninho vazio e tantos outros. Penso que, devemos nos permitir sentir sem colocar para debaixo do tapete - apesar de, em alguns momentos - ser necessário saber deixar "de lado" por um tempo. Mas, é importante sermos verdadeiros conosco e com as pessoas. Lógico que ser verdadeiro não significa sair falando e lamuriando toda vez que sentirmos alguma coisa. Até porque lamúrias só traz mais do mesmo e potencializado. Forma aquela nuvenzinha negra sobre nossas cabeças. Sorrir nos momentos difíceis, eis o desafio, porque sorrir na fase boa é fácil. E saber com quem falar, o que e onde, também é importante. Até porque cada um de nós tem suas dores, seu propósito, sua história à ser vivida. Somente nós mesmos sabemos o que é caminhar com os nossos sapatos, nem mesmo nossos familiares e amigos podem sentir como nós sentimos. Então, não julguemos e não tenhamos medo de sermos julgados. Encaremos da nossa melhor forma, façamos sempre o melhor por nós e, para nós. Isso não é egoísmo, isso é amor próprio. Buscar o autoconhecimento, a autoanalise fará um grande bem à nós mesmos e às nossas relações. Existem tantos recursos hoje em dia: terapias, leituras, grupos de estudos, canais na internet, meditação... Encontre o que faz sentido para você, e não se deixe para depois.

Comentários

  1. Lindo texto e tão verdadeiras tuas palavras. Todos nós sentimos e sentimos tantas coisas. nem por isso vamos sair espalhando aos 4 ventos. Mas precisamos dar um jeito de fazer algo por nós mesmas e existem tantas formas! Adorei! Ótimo domingo! beijos, chica

    ResponderExcluir
  2. Maravilhoso amiga...
    Vamos nos permitir sentir...espalhando sempre o melhor que há em cada um de nós...😘🌟🌷💖

    ResponderExcluir
  3. Como tudo na vida precisa de equilíbrio, não seria diferente com o passar do tempo: envelhece, mas também ensina. Com a maturidade aprendi a não mais me deixar para depois. Um beijo no seu coração, amei o texto. Ada

    ResponderExcluir
  4. É preciso sentir, entender os recados que recebemos, respeitar o sentimento alheio é difícil, mas é uma necessidade. Saber equilibrar as ações também.

    ResponderExcluir
  5. Saber sentir e depois se desapegar do que não acrescenta e, principalmente, do que nos faz mal. Nem sempre é tarefa fácil, acho inclusive, que às vezes é bem difícil, mas vou me observando e dando um passo por vez, quando percebo já superei algumas dores e avancei.

    Bjs querida!
    Sônia

    ResponderExcluir
  6. De Fred:
    Bom texto.
    Sentir.
    Como sentir.
    O que sentir.
    Como reagir ao sentimento vivido.
    Muito do que se pode dizer a respeito está no livro " O homem integral" de Joanna de Ângelis psicografado por Divaldo Franco.
    Na nossa consciência está tudo que precisamos para sentir e reagir. Somos diferentes e reagiremos de várias maneiras. Mas quanto formos mais"integrais" melhor reagiremos.
    Obrigado por me enviar o texto.

    ResponderExcluir
  7. De Aparecida Ruffie:
    Lindo..... otimo pra nos trazer muitas reflexões da vida. 😘

    ResponderExcluir
  8. De Luc Fla:
    Ótimo texto. O tema é complexo mas vc conseguiu desenvolve-lo com a solução brilhante de deixar cada um procurar a solução para seus males da alma. No meu caso sempre foi confiar em Deus e esperar Nele sempre a melhor solução. Indico.

    ResponderExcluir
  9. De Joice Amada:
    Muito lindo seu texto! 😍🙌🏻

    ResponderExcluir
  10. De Madeleine Cruz:
    Excelente querida Andrea!
    Sim… temos que olhar as emoções como nossa grande amiga, pois é com ela que nos ajuda a despertar para o mais belo da vida, é com ela que crescemos como indivíduos, é com ela que nos tornamos verdadeiros e que no final…descobrimos nossa linda essência! ❤️

    ResponderExcluir
  11. Lindo texto, e muito verdadeiro, me serviu como um capuz feito sob medida.👏👏👏🤩

    ResponderExcluir
  12. Gostei do que li e as imagens revelam o movimento perfeito em que habitamos este universo por vezes tão complexo.
    Muito boa tarde!

    ResponderExcluir
  13. Andrea, adoro o mar e fiquei extasiada com as suas fotos...
    Não está sendo fácil: epidemias, guerra e inflação, seca, incêndios...
    O seu texto de ajuda é muito bem-vindo e pertinente.

    Agradeço os votos de boas férias que me desejou no início de julho
    e convido-a a colaborar na minha celebração da Amizade.
    Bom fim de semana. O meu abraço.
    ~~~~~~~~~~~

    ResponderExcluir
  14. De Cristina Ciotola:
    Sim , a vida é feita de tantos sentimentos e tantos desafios e é importante nos permitirmos vivenciá-lós, sem colocá-los debaixo do tapete.
    É muito bom quando compartilhamos com os mais próximos as nossas alegrias, conquistas e também as nossas tristezas e frustrações.
    É importante termos amor próprio e buscarmos o autoconhecimento , assim estaremos preparados para cuidar e amar o próximo, os nossos irmãos!
    Obrigada por mais essa reflexão tão profunda! 👏🏻👏🏻👏🏻😘😘😘

    ResponderExcluir
  15. Inspiradoras palavras!
    Equilíbrio é a solução!
    E pensar em si mesmo não é pecado!!!
    Obrigado

    ResponderExcluir
  16. ... nós mesmos sabemos o que é caminhar com os nossos sapatos, nem mesmo nossos familiares e amigos...

    Boa noite, querida amiga Andreia!
    Mais um eloquente texto cheio de questionamentos pertinentes.
    A vida requer saber contornar ondas gigantes até.
    Tenha uma noite abençoada!
    Beijinhos com carinho fratermo

    ResponderExcluir
  17. Boa noite, Andrea!

    Deixar-se para depois, num mundo conturbado como tem sido, é correr o risco de ser pisada. Não é teologia, filosofia, é prática, é vida de amor próprio.

    Muito feliz e agradecida de estar aqui, de ter recebido a sua visita e também o seu comentário.

    Beijo!

    Renata

    ResponderExcluir
  18. Obrigada pelas palavras queridos, bjinhos

    ResponderExcluir

  19. Querida Andrea, venho agradecer a sua excelente interação no meu 'post' comemorativo da Amizade.
    Estou regressando das minhas férias e resolvi reabrir o meu blogue de poesia, com o título de ''Convívio de Poetas''... Vou publicando em semanas alternadas com o 'Á Vivenciar'...
    Será muito bem vinda. Beijo
    ~~~~~
    https://refugiodospoetass.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  20. Quanta verdade nas suas palavras, Andrea... só cada um sabe mesmo o quanto custa ou não caminhar, nos seus próprios sapatos... estas palavras fazem para mim, muito sentido... enquanto tento recuperar as rotinas dos tempos pré-covid... mas por enquanto ainda me deparo entre o querer e o efectivamente poder... sobretudo quando temos de zelar, pela saúde fragilizada, de alguém que nos é muito próximo... e querido!...
    Adorei as imagens! Fizeram-me recordar o meu cantinho junto ao mar... ao qual ainda não deu para voltar, no pós pandemia. Sendo num sítio turístico continua sendo arriscado, aqui para a insuficiência respiratória da senhora dona mãe. Tive de acompanhar uns serviços de pinturas por lá, há uns meses atrás... e valeu-me logo trazer um brinde indesejável para casa...
    Mas a vida tem de prosseguir... com as opções que temos de fazer, na certeza de que se vai fazendo o melhor que se consegue, dadas as circunstâncias... e há que saber gerir isso, e conviver com tal...
    Um beijinho grande! Tudo de bom!
    Ana

    ResponderExcluir
  21. Exatamente Ana, vamos seguindo vivendo fazendo nosso melhor 🤩

    ResponderExcluir
  22. Exatamente Ana, vamos seguindo vivendo fazendo nosso melhor 🤩

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

MELANCOLIA

GRATITUDE

FELICIDADE